Bula Dexa-Citoneurim NFF

Indicação

Para que serve?

O Dexa-Citoneurim NFF é um remédio usado no tratamento dos sinais e sintomas de neuropatias inflamatórias.

Posologia

Como usar?

Esta injeção deve ser administrada por um profissinal de saúde, lentamente, via intramuscular.

A posologia usual é de uma injeção a cada dois ou três dias, sendo suficientes três injeções na maioria dos casos. Sempre que possível, as injeções devem ser aplicadas pela manhã.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso de Dexa-Citoneurim são insônia, nervosismo, apetite aumentado, indigestão, crescimento excessivo de pelos, diabetes, dor nas articulações, catarata e sangramento nasal.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este remédio não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade à dexametasona, tiamina, demais vitaminas da fórmula ou a qualquer outro componente da fórmula, problemas cardíacos, pressão alta, úlceras no estômago e duodeno, diabetes e infecções graves. O uso também é contraindicado em pacientes com mal de Parkinson sob tratamento com medicamento contendo somente levodopa.

Além disso, também é contraindicado em crianças.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

O médico deve ser informado caso a pessoa tenha uma infecção generalizada, glaucoma, história de doenças do coração, osteoporose, doenças mentais, tuberculose, problemas do fígado, epilepsia ou doença muscular provocada pelo uso de corticosteroides.

Durante o tratamento, deve-se informar o médico antes de ser vacinado ou de se submeter a teste cutâneo, fazer qualquer cirurgia, notar sinais de uma possível infecção, tais como dores de garganta, febre ou tosse ou se estiver em contacto com pessoas com catapora.

O uso durante longo tempo de medicamentos contendo vitamina B6 requer acompanhamento médico regular.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O Dexa-Citoneurin NFF é uma associação do fosfato de dexametasona com vitaminas do complexo B.

A dexametasona é um hormônio corticosteroide que diminui a inflamação, sendo usado em diversos processos inflamatórios, tanto reumáticos quanto traumáticos.

Doses elevadas de vitaminas B1, B6 e B12 exercem efeito analgésico em casos de neuralgias, além de favorecerem a regeneração das fibras nervosas lesadas.

Combinando a ação antiinflamatória da dexametasona com as ações neurorregeneradora e analgésica das vitaminas B1, B6 e B12, este medicamento permite alívio rápido da inflamação e da dor de diferentes causas.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdose, deve-se ir imediatamente ao médico.

Composição

Cada ampola I (1 ml) contém:

Cloridrato de tiamina (vitamina B1)_______________100 mg

Cloridrato de piridoxina (vitamina B6) _____________100 mg

(Excipientes: álcool benzílico, hidróxido de sódio e água para injetáveis).

Cada ampola lI (2 ml) contém:

Cianocobalamina (vitamina B12) ______________5.000 mcg

Fosfato de dexametasona* _______________________4 mg

*equivalente a 4,37 mg de fosfato dissódico de dexametasona

Excipientes_______________________________q.s.p. 2 mL

(Excipientes: cloridrato de lidocaína, cianeto de potássio, ácido cítrico, fosfato de sódio dibásico di-hidratado e água para injetáveis).

Laboratório

Merck S.A.

SAC: 0800 7277293

Dizeres legais:

M.S. 1.0089.0378 | Farmacêutico Responsável: Alexandre Canellas de Souza – CRF-RJ nº 23277