Bula Fentanil

Indicação

Para que serve?

O Fentanil tem na sua composição citrato de fentanila, que é indicado para as seguintes situações:

  • Analgesia de curta duração durante o período anestésico ou quando necessário no período pós-operatório imediato;
  • Uso como componente analgésico da anestesia geral e suplemento da anestesia regional;
  • Administração conjunta com neuroléptico na pré-medicação, na indução e como componente de manutenção em anestesia geral e regional;
  • Uso como agente anestésico único com oxigênio em determinados pacientes de alto risco, como os submetidos a cirurgia cardíaca ou certos procedimentos neurológicos e ortopédicos difíceis;
  • Administração espinhal no controle da dor pós-operatória, cesariana ou outra cirurgia abdominal.

Este medicamento está disponível também com o nome comercial Fentanest.

Posologia

Como usar?

O Fentanil pode ser administrado por via espinhal, intramuscular ou intravenosa, dependendo da indicação, que dever ser realizado por um profissional de saúde.

Alguns dos fatores que devem ser considerados na determinação adequada da posologia devem incluir a idade, peso corporal, estado físico, condição patológica, uso de outros medicamentos, tipo de anestesia a ser utilizada e o procedimento cirúrgico envolvido, já que a dose pode variar para cada situação:

Pré-medicação:

Podem ser administradis 50 a 100 mcg (1 a 2 mL) por via intramuscular 30 a 60 minutos antes da cirurgia.

Componente de anestesia geral:

  • Dose baixa: 2 mcg/kg (0,04 mL/kg) é especialmente útil para procedimentos cirúrgicos com dor de baixa intensidade. Além da analgesia durante a cirurgia, o Fentanil pode também proporcionar alívio da dor no período pós-operatório imediato;
  • Dose moderada: 2 a 20 mcg/kg (0,04 a 0,4 mL/kg). Quando a cirurgia é de maior duração e a intensidade da dor moderada, tornam-se necessárias doses mais altas. Com esta dose, além de analgesia adequada, obtém-se uma abolição parcial do trauma cirúrgico. A depressão respiratória observada com estas doses torna necessária a utilização de respiração assistida ou controlada.
  • Manutenção: 25 a 100 mcg/kg (0,5 a 2 mL) podem ser administrados por via intravenosa ou intramuscular quando movimentos ou alterações nos sinais vitais indiquem resposta reflexa ao trauma cirúrgico ou superficialização da analgesia.
  • Dose elevada: 20 a 50 mcg/kg (0,4 a 1 mL/kg).
  • Manutenção: As doses de manutenção podem variar de um mínimo de 25 mcg (0,5 mL) até metade da dose utilizada inicialmente, dependendo das alterações dos sinais vitais que indiquem trauma cirúrgico e superficialização da analgesia. Porém, a dose de manutenção deverá ser individualizada, principalmente se o tempo estimado para o término da cirurgia é curto.

Como anestésico geral

Quando a atenuação da resposta endócrino-metabólica ao trauma cirúrgico é especialmente importante, doses de 50 a 100 mcg/kg (1 a 2 mL/kg) podem ser administradas com oxigênio e um relaxante muscular.

Anestesia regional : Administração Espinhal

Podem ser administrados 1,5 mcg/kg. Quando se necessita de uma complementação da anestesia regional, doses de 50 a 100 mcg (1 a 2 mL) podem ser administradas por via IM ou intravenosa lenta.

No pós-operatório

Podem ser administrados 50 a 100 mcg (1 a 2 mL) para o controle da dor, por via intramuscular. A dose pode ser repetida após 1 a 2 horas, se necessário. Quando se opta pela via espinhal, deve-se administrar 100 mcg (2 mL). Essa quantidade de 2 mL deve ser diluída em 8 mL de solução salina a 0,9%, resultando em uma concentração final de 10 mcg/mL. Doses adicionais podem ser aplicadas se houver evidências de diminuição do grau de analgesia.

Pacientes pediátricos

Para indução e manutenção em crianças de 2 a 12 anos de idade, recomenda-se uma dose reduzida de 20 a 30 mcg (0,4 a 0,6 mL) a cada 10 a 12 kg de peso corporal.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o uso de fentanil são náuseas, vômitos e rigidez muscular.

Com menos frequência pode ainda ocorrer sedação, tontura, diminuição dos movimentos voluntários, distúrbios visuais, diminuição ou aumentos dos batimentos cardíacos, arritmia, hipotensão, hipertensão, dor na veia, parada temporária da respiração, broncoespasmo, laringoespasmo, dermatite alérgica, confusão pós-operatória e complicação neurológica anestésica.

Contraindicações

Quando não devo usar?

O citrato de fentanila é contraindicado em pacientes com intolerância a qualquer um de seus componentes ou a outros opioides.

Não é recomendado o uso deste medicamento em grávidas ou mulheres que estejam a amamentar e em crianças com idade inferior a 2 anos.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Devido ao risco de depressão respiratória, os pacientes sob efeito de citrato de fentanila devem receber vigilância médica adequada, devendo-se contar com equipamento para ressuscitação e antagonista opioide à disposição. Por este motivo, deve ser usado com cautela em pacientes com DPOC ou outras doenças que diminuam a capacidade respiratória.

Este medicamento pode também provocar bradicardia e hipotensão, por isso, deve ser usado com cautela em pacientes com bradiarritmia e hipovolêmicos.

O fentanil deve ser administrado com cautela em pessoas com comprometimento intracerebral.

Deve-se ter cuidado na administração deste medicamento juntamente com outros medicamentos que afetam os sistemas neurotransmissores serotoninérgicos.

Antes de dirigir veículos ou operar máquinas, devem passar pelo menos 24 horas desde a administração de fentanil.

Este medicamento pode causar doping.

O médico deve ser informado acerca de qualquer medicamento que a pessoa esteja a tomar.

Composição

Cada mL contém:

Citrato de fentanila_________________________78,5 mcg/mL*

*equivalente a 50mcgde fentanila

Excipientes_________________________________q.s.p. 1 mL

(Excipientes: água para injetáveis e cloreto de sódio.)

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdosagem deve-se ser assistido imediatamente pelo médico.

Laboratório

Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda.

– Telf.: 00351 21 43 68 835 (Portugal) 

Dizeres legais:

MS – 1.1236.0027 | Farmacêutico Responsável: Marcos R Pereira– CRF/SP-12304