Bula Flagyl

Indicação

Para que serve?

Este medicamento está indicado no tratamento de giardíase, amebíase, tricomoníase, vaginites por Gardnerella vaginalis e infecções causadas por bactérias anaeróbias, como Bacteroides fragilis e outros bacteróides, Fusobacterium sp, Clostridium sp, Eubacterium sp e cocos anaeróbios.

Posologia

Como usar?

A posologia depende do microorganismo que está na origem da infecção:

Infecções parasitárias

  • Tricomoníase: 2 g, em dose única ou 250 mg, 2 vezes ao dia, durante 10 dias ou 400 mg, 2 vezes ao dia, durante 7 dias. Esta posologia pode ser aumentada, a critério do médico, e o tratamento repetido, se necessário, depois de 4 a 6 semanas. Os parceiros sexuais também devem ser tratados com 2 g em dose única, a fim de prevenir recidivas e reinfecções recíprocas;
  • Vaginites e uretrites por Gardnerella vaginalis: 2 g, em dose única, no primeiro e terceiro dias de tratamento ou 400 a 500 mg, 2 vezes ao dia, durante 7 dias. O parceiro sexual deve ser tratado com 2 g, em dose única;
  • Giardíase: 250 mg, 3 vezes ao dia, por 5 dias.
  • Amebíase intestinal: 500 mg, 4 vezes ao dia, durante 5 a 7 dia;
  • Amebíase hepática: 500 mg, 4 vezes ao dia, durante 7 a 10 dias.

Infecções por bactérias anaeróbias

Em adultos e crianças maiores de 12 anos, a dose recomendada é de 400 mg, três vezes ao dia, durante 7 dias ou à critério médico.

Para crianças, o Flagyl deve ser usado preferencialmente na forma de suspensão.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento com Flagyl são dor de estômago, náusea, vômito, diarreia, inchaço generalizado, alterações visuais e auditivas, coceira generalizada, reações cutâneas e febre.

Contraindicações

Quando não devo usar?

O Flagyl não deve ser usado em pesoas com hipersensibilidade à substância ativa ou qualquer componente presente na fórmula.

Além disso, também não deve ser usado em grávidas ou lactantes sem indicação do médico.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

O Flagyl pode causar o escurecimento da urina.

Não se deve dirigir veículos ou operar máquinas caso ocorram sintomas como confusão, tontura, alucinações, convulsões ou alterações visuais.

O médico deve ser informado acerca de qualquer medicamento que a pessoa esteja a tomar.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O Flagyl tem na sua composição metronidazol, que é um anti-infeccioso que apresenta atividade antimicrobiana, que abrange exclusivamente microorganismos anaeróbios, e atividade antiparasitária.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdosagem, deve-se ir ao médico o mais brevemente possível.

Composição

FLAGYL 250 mg:

Cada comprimido revestido contém:

Metronidazol_________________________________250 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, amido de milho, estearato de magnésio, povidona K30, hipromelose, macrogol 20.000).

FLAGYL 400 mg:

Cada comprimido revestido contém:

Metronidazol_________________________________400 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, amido de milho, sorbitol, povidona K30, hipromelose, macrogol 400 e estearato de magnésio).

Laboratório

.

Dizeres legais:

M.S. 1.1300.0078 | Farm. Resp.: Silvia Regina Brollo | CRF-SP nº 9.815