Bula Parasin

Indicação

Para que serve?

O Parasin é um remédio usado para tratar infecções causadas por vermes e parasitas, já que ele é eficaz contra Ascaris lumbricoides, Enterobius vermicularis, Necator americanus, Ancylostoma duodenale, Trichuris trichiura, Strongyloides stercoralis, Taenia spp. e Hymenolepis nana, Opisthorchis viverrini, larva migrans cutânea e de giardíase em crianças.

Posologia

Como usar?

1. Comprimidos

Os comprimidos podem ser engolidos com água ou mastigados.

Para infecções causadas por Ascaris lumbricoides, Necator americanus, Trichuris trichiura, Enterobius vermicularis e Ancylostoma duodenale, a dose recomendada para adultos e crianças com mais de 2 anos é de 1 comprimido em dose única.

Para infecções causadas por Strongyloides stercoralis, Taenia sp. e Hymenolepis nana, a dose recomendada para adultos e crianças com mais de 2 anos é de 1 comprimido por dia, durante 3 dias.

Para tratar a giardíase em crianças de 2 a 12 anos de idade, a dose recomendada é de 1 comprimido por dia, durante 5 dias.

Para o tratamento de infecções causadas pela Larva migrans cutânea, a dose recomendada é de 1 comprimido por dia de 1 a 3 dias.

Para o tratamento de infecções causadas por Opisthorchis viverrini, a dose recomendada é de 1 comprimido, 2 vezes por dia, durante 3 dias.

2. Suspensão oral

Para infecções causadas por Ascaris lumbricoides, Necator americanus, Trichuris trichiura, Enterobius vermicularis e Ancylostoma duodenale, a dose recomendada para adultos e crianças com mais de 2 anos é de 10 mL em dose única.

Para infecções causadas por Strongyloides stercoralis, Taenia sp. e Hymenolepis nana, a dose recomendada para adultos e crianças com mais de 2 anos é de 10 mL por dia, durante 3 dias.

Para tratar a giardíase em crianças de 2 a 12 anos de idade, a dose recomendada é de 10 mL por dia, durante 5 dias.

Para o tratamento de infecções causadas pela Larva migrans cutânea, a dose recomendada é de 10 mL por dia de 1 a 3 dias.

Para o tratamento de infecções causadas por Opisthorchis viverrini, a dose recomendada é de 20 mL por dia, durante 3 dias.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Parasin são dor de estômago, dor abdominal, dor de cabeça, vertigem, enjoo, vômito ou diarreia.

Contraindicações

Quando não devo usar?

O Parasin não deve ser usado em pessoas que tenham hipersensibilidade a qualquer um dos componenetes presentes na fórmula, em grávidas, mulheres que planejam engravidar ou que estejam a amamentar.

Conheça outros remédios indicados para o tratamento de infecções por vermes.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Além do tratamento com Parasin, para evitar futuras infecções por germes e parasitas, a pessoa e os restantes membros da família devem manter as instalações sanitárias limpas e lavar as mãos depois de utilizá-las, evitar andar descalça, cortar e manter as unhas limpas, beber água filtrada ou fervida, lavar e cozinhar bem os alimentos, manter os alimentos e os depósitos de água cobertos, combater os insetos, lavar as mãos antes das refeições, lavar os utensílios domésticos e ferver as roupas intimas e de cama.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O Parasin tem albendazol na sua composição, que tem uma atividade anti-helmíntica que ocorre por inibição da polimerização tubulínica, ocasionando alteração no nível de energia do helminto, levando ao esgotamento da mesma, o que imobiliza os helmintos e posteriormente os mata.

Composição

Cada comprimido mastigável de Parasin contém:

Albendazol__________________________________400 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amido, amidoglicolato de sódio, povidona, laurilsulfato de sódio, sacarina sódica di-hidratada, aroma de banana, dióxido de silício, estearato de magnésio, hipromelose e macrogol).

Cada mL da suspensão oral de Parasin contém:

Albendazol __________________________________40 mg

Excipientes_______________________________q.s.p. 1 mL

(Excipientes: sorbitol, glicerol, carmelose sódica, laurato de sorbitana, polissorbato 80, ácido benzoico, ácido sórbico, sorbato de potássio, simeticona, sucralose, ácido cítrico, fosfato de sódio dibásico, silicato de alumínio e magnésio, aroma de banana, aroma de caramelo e água purificada).

Laboratório

Aché

 – SAC 0800 701 6900

Dizeres legais:

MS – 1.0573.0218 | Farmacêutica Responsável: Gabriela Mallmann – CRF-SP nº 30.138