Bula Pentox

Indicação

Para que serve?

Insuficiência vascular cerebral. Arteriopatias periféricas (claudicação intermitente, labirintopatias, processos vasculares degenerativos). Oligoastenospermia idiopática normogonadotrópica.

Posologia

Como usar?

Pentox comprimidos: a dose inicial é de 1 comprimido (400 mg) 2 a 3 vezes ao dia, administrado após as refeições. Para o tratamento de manutenção é suficiente 1 comprimido ao dia. Os comprimidos não devem ser mastigados ou partidos. Nos casos de oligoastenospermia idiopática normogonadotrópica, administrar 1 comprimido 3 vezes ao dia, por um período mínimo de 90 dias ou a critério médico. Pentox injetável: infusão endovenosa pela manhã e à tarde de 200 mg ou 300 mg de Pentox em 250 ml ou 500 ml de soro fisiológico, glicosado a 5%, Ringer lactato ou outros substitutos de sangue convencionais, devendo-se testar a compatibilidade com a solução antes de se iniciar a administração. A infusão deve ser lenta (120 a 180 minutos) podendo-se administrar 2 comprimidos de Pentox após a última infusão. Quando só for possível 1 infusão diária, recomendam-se 2 comprimidos de Pentox ao meio-dia e 1 à noite, após a infusão endovenosa. Nos casos graves pode-se utilizar infusão contínua de 24 horas, não devendo a dose ser superior a 1.200 mg de pentoxifilina (0,6 mg/kg/hora). A injeção endovenosa lenta (5 minutos), com paciente deitado, pode ser usada quando não for possível a infusão venosa, não devendo ser repetida imediatamente. Com a melhora do quadro clínico pode-se continuar o tratamento com Pentox comprimidos. Precaução especial na administração a pacientes com insuficiência cardíaca ou renal.

Maiores informações mediante solicitação.

FARMASA Laboratório Americano de Farmacoterapia S/A.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Em número limitado de casos, podem ocorrer: náusea, vômito, diarréia, cefaléia e tontura. Raramente o tratamento é interrompido devido a esses efeitos adversos. Quando se utiliza a via intravenosa, esses efeitos podem ser evitados pela redução da velocidade de infusão ou da injeção. Efeitos colaterais raros: Rubor facial, taquicardia, angina de peito ou hipotensão. Em geral, relacionam-se a posologias elevadas, devendo-se, nesses casos, reduzir-se a posologia ou interromper o tratamento. Reações de hipersensibilidade cutânea (prurido, eritema, urticária ou edema angioneurótico) são bastante raras e geralmente desaparecem com a descontinuação do tratamento. Muito raramente foram relatados casos de hemorragia cutânea ou mucosa com o uso da pentoxifilina isolada ou associada a anticoagulantes orais ou inibidores da agregação plaquetária. Entretanto, até o momento, não se pôde comprovar relação de causa/efeito entre o uso do medicamento e a ocorrência de hemorragias. Trombocitopenia foi observada em alguns poucos casos.

Apresentação

Pentox comprimidos: Cada comprimido contém 400 mg de pentoxifilina. Embalagem com 20 comprimidos. Pentox solução injetável: Cada ampola de 5 ml contém 100 mg de pentoxifilina. Embalagem com 5 ampolas.

Interações Medicamentosas

Devido à possibilidade de interação com anti-hipertensivos e antidiabéticos (risco de hipotensão e hipoglicemia), sua posologia deve ser ajustada quando do tratamento concomitante com estes medicamentos.

Introdução

Pentox
Pentoxifilina

Laboratório

Farmasa Laboratório Americano de Farmacoterapia S.A.

SAC: 0800-0114033