Bula Secfar

Indicação

Para que serve?

Secfar é indicado para eliminar parasitas intestinais, no tratamento da amebíase intestinal e hepática, giardíase e tricomoníase, em adultos e crianças.

Posologia

Como usar?

Adultos

  • Geralmente, a dose recomendada de Secfar para o tratamento da Tricomoníase, da Amebíase intestinal e da Giardíase é de 1000 mg, 2 comprimidos de Secfar 1000 mg, administrados numa toma única.

Crianças

  • Em crianças, devem ser usadas as preparações Secfar 450 mg ou Secfar 900 mg, sendo a dose recomendada para o tratamento da Amebíase intestinal e Giardíase de 30 mg/kg, por dia. Equivalente a 1 ml por cada kg de peso da criança, administrados numa toma única, de preferência à noite. Para o tratamento da Amebíase hepática, a dose recomendada é de 30 mg/kg, por dia, o equivalente a 1 ml por cada kg de peso da criança, administrados durante 5 a 7 dias de tratamento. Tomando como exemplo, para uma criança com 10 kg de peso, a dose recomendada e de 10 ml.

Secfar 450 mg ou Secfar 900 mg deve ser preparado de acordo com as seguintes instruções de utilização: começar por remover a tampa do frasco e adicionar água filtrada até à marca indicada no frasco. Seguidamente, tapar o frasco e agita-lo durante cerca de 1 minuto. Por fim, a preparação está pronta para ser administrada, usando o copo-medida fornecido na embalagem.

Secfar deve ser administrado numa das refeições principais, de preferência ao jantar.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Secfar incluem náusea, dor no estômago, gosto metálico na boca, inflamação na língua e da mucosa bucal, urticária, diminuição do número de glóbulos brancos no sangue, vertigem, falta de coordenação e movimentos irregulares, formigamento em qualquer parte do corpo ou polineurites sensitivomotoras.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Secfar está contraindicado para mulheres gravidas ou com suspeitas de gravidez, para mulheres amamentando e para pacientes com alergia aos derivados imidazólicos ou a outros componentes da fórmula.

Conheça outros remédios para o tratamento de infecções por verme.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Secfar​, deverá falar com o seu médico se tiver mais de 65 anos, tiver historial de discrasia sanguínea, distúrbios neurológicos, diabetes ou se estiver a tomar outros medicamentos.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Secfar​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento.

Composição

Secfar 1000 mg por cada comprimido contém:

Secnidazol __________________________________ 1000 mg

Excipientes _____________________________ 1 Comprimido

(Excipientes: celulose microcristalina, croscarmelose sódica, povidona, dióxido de silício coloidal, silicato de magnésio, estearato de magnésio, álcool etílico, ácido metacrílico, dióxido de titânio, macrogol, trietilcitrato, álcool isopropílico, água de osmose reversa).

Secfar 450 mg ou Secfar 900 mg por cada 1 ml de preparação contém:

Secnidazol ___________________________________ 30 mg

Veículo _________________________________ 1 Comprimido

(Veículo: sacarina sódica, ciclamato sódico, sacarose, essência, vanilina).

Secfar 450 mg é fornecido num frasco de 15 ml e Secfar 900 mg num frasco de 30 ml.

Interações Medicamentosas

Secfar não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como dissulfiram, warfarina ou bebidas alcoólicas.

Secfar corta o efeito do anticoncepcional?

Não, Secfar não corta o efeito do anticoncepcional, pois essa não e uma das interações medicamentosas referidas na bula do medicamento, porém se tiver dúvidas, deve consultar o seu médico.

Laboratório

Laboratório Farmacêutico Elofar

– SAC: 0800-600-1344

O genérico de Secfar é o Secnidazol, e outros medicamentos Anti-helmínticos podem ser Albendazol, Mebendazol ou Pyr-pam.

Dizeres Legais:

M.S.: 1.0385.0093

Farm. Resp.: Alexandre Madeira de Oliveira