Bula Zart 50 mg

Indicação

Para que serve?

O Zart é um medicamento indicado para o tratamento da hipertensão e da insuficiência cardíaca, quando o tratamento com inibidores da enzima conversora da angiotensina não é mais considerado adequado.

Não é recomendada a troca do medicamento Zart em pacientes com insuficiência cardíaca que estejam estabilizados com inibidores da enzima conversora da angiotensina.

Posologia

Como usar?

O Zart pode ser administrada com ou sem alimentos

Hipertensão:

A dose usual inicial e de manutenção é de 50 mg uma vez ao dia, para a maioria dos pacientes. Algumas pessoas podem obter benefício adicional se a dose for aumentada para 100 mg uma vez ao dia. Para pacientes com depleção de volume intravascular, por exemplo, tratados com altas doses de diuréticos, deve ser considerada uma dose inicial de 25 mg uma vez ao dia.
Deve ser considerada a utilização de uma dose mais baixa para pacientes com histórico de insuficiência hepática.

Insuficiência cardíaca:

A dose inicial de losartana potássica para pacientes com insuficiência cardíaca é de 12,5 mg uma vez ao dia.

Geralmente, a dose deve ser titulada em intervalos semanais, isto é, 12,5 mg/dia, 25 mg/dia, 50 mg/dia, até a dose usual de manutenção de 50 mg uma vez ao dia, de acordo com a tolerabilidade de cada pessoa.

Veja como melhorar o efeito deste remédio.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterias mais comuns que podem ocorrer com o uso deste medicamento são anemia, tontura, vertigem, hipotensão, insuficiência ou falência renal, cansaço, hipercalemia e hipoglicemia.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este medicamento é contra-indicado a pacientes com hipersensibilidade conhecida a losartana potássica e/ou demais componentes da formulação.

O médico deve ser informado acerca de tratamentos que a pessoa esteja a fazer com suplementos de potássio, medicamentos poupadores de potássio ou substitutos do sal que contenham potássio.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Em pessoas com cirrose no fígado ou insuficiência hepática, deve-se considerar doses mais baixas.

Podem ocorrer alterações na função renal.

Este medicamento não deve ser usado em grávidas ou lactantes, a não ser que seja indicado pelo médico.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

As manifestações mais prováveis de superdosagem seriam hipotensão e taquicardia, bradicardia e hipotensão sintomática.

Em casos de superdosagem deve-se ir imediatamente ao médico.

Composição

Cada comprimido contém:

Losartana potássica______________________________50 mg

Excipientes__________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes presentes em 1 comprimido: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amido pré-gelatinizado, croscarmelose sódica, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, óleo vegetal hidrogenado, hidroxipropilmetilceluse/polietilenoglicol e dióxido de titânio).

Laboratório

Eurofarma Laboratórios

SAC: 0800 704 3876

Dizeres legais:

M.S.: 1.0043.1169 | Farm. Resp. Subst.: Dra. Ivanete A. Dias Assi – CRF-SP 41.116